Donos de cachorros conhecem a profundidade do amor que temos por nossos filhotes, e não conseguem imaginar como seria possível amá-los mais. Nos Estados Unidos, os K-9 são cães treinados para dar assistência aos policiais. Para os oficiais de polícia e seus K-9’s, esses laços são ainda mais profundos. Esses cães não são apenas membros da família: são seus colegas de trabalho e seus guarda-costas.

O Sargento Michael Spitaleri, do Departamento de Polícia de Clearwater, na Flórida, tinha esse tipo de relação com o seu cachorro, Major. O cão foi aposentado em 2014 por razões de saúde, mas viveu na casa do Sargento e sua família.

Alguns meses atrás, quando o sofrimento do Major aumentou demais, Spitaleri soube que era hora de dizer adeus, e ajudou seu companheiro a atravessar a ponte do arco-íris.

Leia as palavras sinceras do Sargento Spitaleri:

Para o meu parceiro fiel,

Hoje foi o dia mais difícil da minha carreira. Tomei a decisão de acabar com sua dor e sofrimento, no entanto estou sofrendo muito mais do que eu esperava. Eu já sinto a sua falta, amigão.

Eu me lembro de buscar você no aeroporto um pouco antes de começarmos a escola K-9 juntos. Minha primeira impressão não foi apurada. Eu achei que você era pequeno e parecia tímido à primeira vista. Eu honestamente não tinha certeza se voê tinha o que era preciso para ser um cachorro de polícia. De qualquer forma, nós começamos a K-9 juntos em novembro de 2008. Eu rapidamente vi que a minha avaliação inicial estava errada. Você provou isso de novo, e de novo. A sua dedicação para me agradar, sua lealdade e seu destemor eram mais evidentes à medida que progredíamos até nos graduarmos na K-9 em março de 2009.

Como uma equipe, nós tivemos sucesso imediato na estrada. Na nossa primeira semana juntos naquele mês, você localizou um homem que ameaçou sua mulher com uma faca. Daquele ponto em diante, nossas habilidades e capacidades foram melhorando dia a dia. Ao longo dos anos, localizamos dezenas de criminosos, narcóticos ilegais, armas de fogo e outros itens com valor probatório. Essas prisões e achados não teriam sido possíveis sem você. Às vezes você fazia eu parecer uma super estrela mas, verdade seja dita, eu não era nada além do cara que segurava a coleira.

Sua reputação era altamente respeitada pelos nossos colegas de trabalho.  Eu sempre ria quando íamos treinar com a equipe da SWAT. Durante aquelas sessões de treinamento nós ficavamos entre alguns dos homens mais durões com os quais eu já tive o privilégio de trabalhar lado a lado. Enquanto eu te tirava do carro, eu assistia esses mesmos caras procurar os cantos mais próximos da sala, numa tentativa de ficar o mais distante possível de você, porque eles achavam que você era “louco”. Você não era louco: você era meu protetor. Você não conhecia limites e você não pararia por nada para garantir que chegassemos em casa em segurança para as nossas famílias. Você levou seu trabalho a sério.

Eu jamais vou esquecer quando eu tentava sintonizar o rádio para falar. Isso nunca falhou: tão logo eu conseguia o nosso sinal de chamada “K4” saindo dos falantes, você começava a latir tão alto que eles não conseguiam ouvir nada do que eu tentava dizer. Eu recebia mensagens e pedidos para repetir as minhas transmissões. Eles sabiam que eu não suportava quando você “falava” por cima de mim; no entanto ,isso era algo sem o qual você nunca conseguiu crescer. Nós ainda rimos disso até hoje.

Quando você se aposentou, em 2014, por questões de saúde, a adaptação para ser um cão “normal” foi difícil para você. Você assistia eu me arrumar e corria para a porta na expectativa de ir para o trabalho. Eu sei que você não entendia as razões de eu ter aposentado você, mas eu fiz isso porque te amava, amigão. Eu queria garantir que a sua saúde não piorasse. Eu queria que você vivesse uma vida de qualidade duarnte a aposentadoria. Você merecia isso e eu sei que tomei a decisão certa. Assim como você cuidou de mim a cada turno, era minha vez de cuidar e proteger você.

Embora eu saiba que você não gostou da aposentadoria como os humanos gostam, eu me orgulho em dizer que você se ajustou tanto quanto você podia. Você virou o cachorro da minha esposa. Você virou o cachorro dos meus filhos. Você garantiu que eles estavam seguros quando o pai ia trabalhar com o seu novo parceiro, Echo. Você deitava na porta do quarto das minhas crianças à noite, enquanto eles dormiam, quase como se dissesse: “Eu cuido deles, pai. Vá trabalhar que eles vão ficar bem.” Eu me senti em paz sabendo que você estava em casa, mantendo-os seguros. Obrigado por protegê-los como você me protegeu por todos esses anos.

Eu poderia jamais para de falar sobre você. Você me fez o policial K-9 que sou hoje e nunca encontrou um desafio ao qual você não estivesse à altura. Você foi um grande parceiro e eu sou eternamente grato por você.

Major, eu te amo, amigão, e nunca esquecerei nosso tempo juntos. Quando você chegar no paraíso, vá procurar o policial mais próximo e diga a ele que você é um K-9 e que está se apresentando ao dever. Até eu ver você de novo…

Com amor, Pai.